Preparação de professores para o ensino remoto: como uma plataforma EAD profissional pode ajudar

preparação de professores ensino remoto

Toda transformação traz consequências e nós devemos nos adaptar. A educação, atualmente, se viu de frente a um cenário de isolamento social, logo, escolas e instituições tiveram que se adaptar ao modelo de ensino à distância. Mesmo com a facilidade e o acesso às novas tecnologias, e muitas vezes por isso mesmo, é um desafio para os professores se adaptarem ao ensino remoto.  Por isso, é preciso investir na preparação de professores.

Educadores de todo o Brasil, em especial aqueles que não possuíam experiência com plataformas digitais de ensino, encontraram muitas dificuldades para lidar com diversos novos recursos desse método. Além disso, a experiência por si só também é desafiadora para a adaptação dos professores com as aulas on-line. 

No texto de hoje, vamos debater mais sobre esse assunto, as possibilidades do ensino no futuro e a tendência do crescimento do EAD. Fique com a gente até o final e confira. 

Desafio dos educadores com a adaptação 

Quando pesquisamos sobre esse tema, vemos o quanto o ensino remoto se tornou nossa realidade em poucos meses. Hoje, temos pesquisas para artigos científicos, matérias de jornais e diversos outros conteúdos informativos que buscam conscientizar a população e mostrar os desafios que muitos educadores encontraram nessa nova adaptação do ensino à distância. 

O que para muitos professores era algo comum, pois já lidavam com EAD bem antes da pandemia, para outros, se tornou uma obrigação. Afinal, ensino à distância era a única alternativa rápida e eficaz para dar continuidade nas aulas presenciais que foram suspensas repentinamente. É bom pensarmos que a tecnologia contribui para esse cenário, mas, também, mostrarmos as dificuldades que muitos professores encontram ao usar ferramentas de ensino remoto. Até mesmo para que os diretores e empreendedores do setor se conscientizem que precisam fazer a parte deles para que o ensino remoto seja bem-sucedido. São por esses motivos que a preparação de professores se torna necessária.

O jornal Estado de Minas fez uma reportagem dando ênfase a esse assunto e colhendo casos reais de professoras que não se identificaram com nomes verdadeiros. ‘’Não sabia nem mexer no Zoom (aplicativo de videoconferência). E tudo isso com dois meninos em casa. Sou eu quem cozinha, arruma a casa, cuida deles” ressaltou uma das professoras entrevistadas, mostrando sua dificuldade em conciliar o tempo e usar um aplicativo – até então – desconhecido por ela. 

“Tive que comprar webcam, um mouse, aumentar minha internet, tudo isso com 30% de salário a menos, para dar aula on-line. E ainda precisei pagar uma pessoa para me ensinar a usar o programa que o colégio adotou”. Essa outra professora, enfrentou uma dificuldade ainda maior nos acessos e adaptação a plataforma de ensino à distância, fora todas as outras barreiras vindas junto com a crise. 

Preparando professores para o ensino remoto que promete crescer ainda mais 

A partir dos relatos acima, conseguimos perceber que a trajetória, ainda que já tenha passado alguns meses, continua sendo árdua para alguns educadores. Afinal, lidar de uma hora pra outra com uma mudança de rotinas e aprender a usar as ferramentas e plataformas digitais, não é uma situação fácil. 

Devemos pensar que o ensino à distância está revolucionando cada vez mais e promete permanecer mesmo após a pandemia. Talvez, não como modalidade principal, mas para reposição de aulas, por exemplo. Ou até mesmo cursos que conseguiram montar uma estrutura legal numa plataforma e pretendem continuar com o modelo remoto mesmo sem a necessidade do distanciamento social. 

Para todas aquelas pessoas que possuem reais condições para manter e lidar com EAD, é necessário refletir que o começo da adaptação deve ser agora. Escolas e instituições precisam estar cada ez mais atentas para essas mudanças, auxiliando na preparação de professores e alunos, acompanhando verdadeiramente nessa adaptação. Dar condições significa treinamentos sobre as novas demandas dos alunos, garantir acesso aos equipamentos necessários e amplo suporte para uso da plataforma escolhida. 

Sabemos que com o cenário da pandemia todos fomos pegos de surpresa, mas é hora de buscar alternativas próprias para a sua escola ou instituição, garantindo aos professores todo suporte possível e se preparar para o futuro da educação. Muitos cursos e escolas continuarão oferecendo ensino remoto, principalmente se eles encontraram uma plataforma ideal e que lhe atendeu bem. 

Crescimento do EAD

Uma pesquisa da Catho Educação, afirmou que o aumento de matrículas para cursos EAD foi de 70% entre 21 de março e 6 de abril de 2020. No entanto, o interesse por ensino remoto aumentou 45%. 

Isso nos mostra que com essa nova tendência que permite o conhecimento de novas ferramentas digitais para o ensino remoto, o futuro da educação pode estar totalmente influenciado por essa modalidade de ensino. 

Uma plataforma EAD própria pode auxiliar escolas e instituições de ensino de uma forma inovadora, trazendo vários recursos para otimizar o ensino remoto e trazer resultados eficientes. 

Uma plataforma EAD intuitiva 

Sem se complicar com plataformas que não ajudam quem está a procura de começar a implantar ensino remoto. Com uma plataforma EAD profissional, você terá um domínio próprio do site, uma personalização com a identidade da sua marca e todos os recursos que precisa utilizar para auxiliar no ensino. 

Se trata de um espaço digital próprio para professores e alunos manterem contato, aulas ativas através de vídeos (ao vivo ou gravados) e todo o acompanhamento necessário.

Capacitação 

Um ponto muito interessante e necessário. Afinal, nós vimos que uma das principais dificuldades dos professores com o ensino remoto é o manuseio com a plataforma e as ferramentas. 

Numa plataforma EAD própria e completa, você e sua equipe terão treinamento. As boas empresas que trabalham com software para a área oferecem essa capacitação. Até porque, estamos falando de um ambiente que é uma versão digital da sala de aula. Portanto, o ideal é que os professores sejam capacitados, passando opor essa preparação, antes de tudo, a lidar com esse espaço.

Materiais de apoio 

O que não pode faltar numa aula presencial, também não pode faltar numa aula on-line. Professores e alunos podem ficar despreocupados. Materiais de apoio, através de ferramentas próprias da plataforma EAD são fundamentais para que as aulas tenham bom rendimento. Para cada tarefa que o professor precisa executar, é interessante que haja um tutorial para ele. Nas melhores plataformas, esse material é disponibilizado. 

Avaliações, exercícios e certificados são garantidos também em uma plataforma pensada para aulas remotas. Ao contrário do Zoom, por exemplo, que é excelente, mas não é próprio para cursos. Então, não há tudo que o professor e aluno precisa. 

Além disso, relatórios de acesso e desempenho também fazem parte desses materiais, garantindo um acompanhamento ideal para analisar o rendimento de cada aluno. Assim, os professores não ficam perdidos sem ter dados importantes que complementam o funcionamento do ensino remoto. 

Suporte abrangente 

Por último, mas não menos importante, vale ressaltar que com uma plataforma EAD completa você pode contar com o suporte estendido. Nada de ficar na mão com imprevistos e dúvidas. 

Dessa forma, você terá à disposição uma equipe especializada e responsável para te atender todos os dias da semana. Uma garantia que assegura todos os usuários, principalmente na fase de preparação de professores que estão passando por adaptação do ensino remoto. 

Também é fundamental que a instituição promova treinamentos sobre a importância da Educação 4.0 e que desenvolvam as habilidades necessárias para que o professor se adapte ao novo cenário. 

E para te ajudar na busca por uma boa plataforma de cursos, indicamos a Nochalks, que tem tudo isso e muito mais. Vale a pena dar uma conferida no site oficial dessa plataforma EAD.

Categories: Ensino Remoto Plataforma EAD
Leave a comment