Mobile learning: sua escola está preparada?

celular pode facilitar educação - imagem ilustrativa para texto sobre mobile learning

Estar atento ao mercado é também estar pronto para as diversas mudanças que ocorrem constantemente. Isso inclui realizar investimentos internos nas organizações, implementando novas tecnologias e tendências que só acrescentam e fortalecem o seu meio.  Uma dessas tecnologias é o mobile learning!

Ele é um bom exemplo de atualização na área de educação. Trata-se de uma modalidade de ensino que possibilita professores e alunos acessarem a novos ambientes do ensino à distância, explorando recursos dos dispositivos móveis, comportamentos contemporâneos de aprendizado e o acesso à internet. 

Esse novo recurso está sendo fortemente usado na atualidade, principalmente depois da suspensão de aulas nas escolas, faculdades e empresa de cursos livres por causa da pandemia do coronavírus. 

Mesmo que tenha sido incluída por força das circunstâncias em muitas empresas, essa tendência tem conquistado espaço e promete ficar. 

Sua escola está preparada? 

Neste artigo, pontuamos algumas questões fundamentais para você saber um pouco mais sobre mobile learning e como implementar esse sistema pode transformar sua empresa. 

Afinal, o que é a tendência mobile learning? Presente e futuro do EAD 

Explicamos brevemente acima o que é mobile learning. Agora vamos falar detalhadamente sobre essa tendência que está invadindo o universo da educação, trazendo diversos benefícios e modernidade. Mobile learning também pode ser chamado de m-learning. Essa opção garante novos ambientes e metodologias para alunos e professores através dos recursos tecnológicos. 

Além de viabilizar o ensino a distância, esse modelo de ensino também é inovador e está acompanhando as tendências prometidas pela Educação 4.0. Além disso, o m-learning acompanha os novos hábitos dos estudantes e é mais familiar para as novas gerações. 

Basta observar uma criança. Dê a ela um tablet e depois peça que ela execute a mesma tarefa em um computador. Certamente, ela terá muito mais facilidade no tablet e até mesmo no celular. 

Mas, como mostra o IBGE, 97% dos brasileiros já acessam a internet pelo celular. Assim, o mobile learning não é apenas uma estratégia de aprendizado para o futuro, mas para o presente. O mobile learning ainda favorece os estudantes que têm pouco tempo, pois as aulas podem ser assistidas nos deslocamentos. É mais prático também, já que em um mesmo dispositivo o aluno consegue ter tudo que faz parte do dia a dia dele: do lazer aos estudos.  

Apps para aulas EAD

Essa tendência pode ser aplicada com o uso de tablets ou smartphones, dois dispositivos móveis que estão super presentes na vida das pessoas. Em aplicativos próprios para EAD, todos os recursos disponíveis no computador podem ser acessados de forma intuitiva. As melhores plataformas para ensino à distância oferecem apps para escolas, faculdades e empresas de cursos on-line. 

É indicado que você contrate uma plataforma que ofereça aplicativos para seu curso EAD. Fique atento se a empresa oferece essa possibilidade.  

Estratégias no mobile learning

Mesmo que o ensino não seja totalmente à distância, o mobile learning ainda pode ser útil para situações onde não foi possível todos se reunirem presencialmente. A pandemia deixou isso claro. Também é um recurso muito útil para reposição de aulas. Ainda funciona de maneira eficaz para oferecer conteúdo complementar. 

Um outro recurso muito interessante é a gamificação. Se trata de uma tendência muito utilizada no mobile learning que é o uso de elementos lúdicos, jogos e similares para criar estratégias de aprendizado. Esse tipo de estímulo é muito importante para despertar mais motivação nos alunos, gerando mais diálogo e aprendizado de uma forma mais divertida. 

Os jogos estão muito presentes na atividade humana. Nos celulares, desde o “joguinho da cobrinha”, eles são clássicos. Assim, trazê-los para o mobile learning é mais do que bem-vindo. O estudante, normalmente, já está familiarizado com os jogos no celular. 

Os games para educar funcionam porque estimulam comportamentos naturais para o ser humano: competitividade, socialização, busca por recompensa e prazer pela superação. 

O micro learning é outra tendência que é favorecida no ambiente mobile. Como trata-se de usar pílulas de conhecimento para ensinar, o celular e tablet, por terem características fragmentadas de acesso, são perfeitas para a aplicação da estratégia. Favorecem alunos que assistem às aulas no horário de almoço do trabalho ou no trânsito, por exemplo, além de vir de encontro ao comportamento das novas gerações, por serem mais dispersas. 

Como e porquê implementar mobile learning na sua escola 

Agora que você já sabe dos diversos recursos e benefícios que existem no mobile learning, é hora de saber como colocar em prática essa metodologia e aproveitar o melhor do universo tecnológico na educação.

Primeiramente, é importante que você faça um mapeamento que mostre quais são as necessidades da equipe, dessa forma, você poderá identificar com mais facilidade o desenvolvimento de seu negócio. Outro passo importante é saber se o mobile learning atende ao perfil de quem irá acessar a plataforma de ensino. Não faz sentido implementar um método que não se encaixa ao estilo de vida dos alunos, certo? 

Após essa análise, se o mobile learning for realmente uma solução e ou uma alternativa para ser usada pelos seus clientes, é hora de desenvolver seu projeto, incluindo todas as ferramentas on-line que irão precisar para essa metodologia de ensino. 

Crie um planejamento de conteúdo e comece a integrar a ferramenta a todos da equipe de ensino. Depois é só testar e analisar os resultados. Aliás, ter relatórios, principalmente para comparar os hábitos de acesso, é fundamental. Dessa forma, se você for usar uma plataforma EAD pronta, verifique como são disponibilizados os dados para você. 

A metodologia do mobile learning é eficiente principalmente se você analisar que existem alunos que vão se dar muito bem com esse modelo devido às tecnologias e ao ensino on-line. 

Mas fique atento à tendência de toda forma, pois os mais novos tendem a estarem mais familiarizados ao acesso mobile do que a outras formas. Assim, mais cedo ou mais tarde os empresários da área de educação terão que embarcar nesta tendência. 

Se a área de ensino, por exemplo, for ligada ao meio tecnológico, esses alunos, em especial, terão muito mais facilidade e afinidade com o m-learning, provavelmente. O ideal é oferecer as duas modalidades de aprendizado on-line: com uma plataforma que pode ser acessada via desktop e por aplicativos. Dessa forma, você irá atender a todas as preferências.  

Categories: Ensino Remoto Futuro da Educação Plataforma EAD
Leave a comment