Diferencial entre workshop, curso e minicurso: 3 exemplos!

Está pensando em discernir as aquilo que se faz formativas, porém também não sabe por no qual iniciar? Por isso, você definitivamente chegou ao lugar certamente. Hoje, falaremos sobre a diferencial entre workshop, curso e minicurso para colocar o bloco na rua agora mesmo. 

Dizem por aí que “ tempo é dinheiro ”. Essa adágio não há à toa! Afinal de contas, os alunos nem sempre traz tempo e / ou dinheiro para integrar de cursos longos. Logo, as tecnologias são ótimas aliadas do processamento de aprendizagem, seja para explicar ou para saber. 

Com isto em mente, preparamos um post para linguagem da diferencial entre workshop, curso e minicurso. Além disso, essas técnicas de treino são capazes de ser aplicadas em vários cenários, a partir de os cursos livres até os treinamentos corporativos. Já pensou nessa história? 

Como saber a diferencial entre workshop e curso? E o minicurso é a mesma coisa? 

Na opinião e na execução, não há tantas diferenças entre oficinas e workshops. Porém, os minicursos são outro tipo de atuação formativa. Então, continue a texto para encontrar novas conduta de explicar e saber, a iniciar pelas metodologias ativas.

MERCADO DE PLATAFORMA EAD? VEJA DETALHES NESTE ARTIGO. 

O que são essas metodologias ativas de aprendizagem? 

Já foi o tempo em que o instrutor ensinava de forma tendencioso, enquanto o colegial aprendia ou decorava. Hoje em dia, bastante se fala na construção do entendimento de maneira colaborativa, até mesmo usando as metodologias ativas de aprendizagem. 

Para concentrar, são técnicas que favorecem o adágio crítico para resultar à tona soluções criativas. Por demonstração, algumas dessas metodologias são capazes de ser aplicadas tanto nas oficinas e workshops, quanto nos minicursos, inclusive: 

b-learning: o treino híbrido (blended learning) falha os recursos na internet com a comunicação presencial; 

aprendizagem baseada em complicações (ABP): aqui, a asserção é criar perante de situações-problema; 

design thinking: é o utilização de protótipos para agilizar o processamento de obra, com lugar para equívocos e acertos; 

gamificação: as atividades lúdicas traz o potencialidade de conservar enquanto ensinam, além de “ arrebentar ” o gelo; 

brainstorming: a famosa “ vendaval de ideias ” auxilia a ter insights de distintos pontos de ideia; 

dependência de classe invertida: conhecida como flipped classroom, a asserção é produzir o protagonismo do colegial; 

storytelling: a arte de montar histórias é capaz de “ encantar ” os estudantes em uma trama de entendimento. 

Quais são os conceitos de workshop, curso e minicurso? 

Estes são os principais pontos relacionados às técnicas que validam favorecer a apreensão dos competências: 

workshop educativa: apontada para atividades costumes, assim como o compartilhamento de vivências em grupo. E isto similarmente pode ser estudado para o local digital, a partir de uma webconferência; 

curso: em português, “ curso ” se traduz como workshop ou também laboratório. Ou seja, é um outro modo de linguagem sobre essa experiência execução e coletiva. Além disso, este termo costuma ser muito utilizado em treinamentos empresariais; 

minicurso: como o nome já diz, essa estratégia é focada em cursos compactos e metas. Nesse ponto, não é preciso montar um grupo, uma vez que o colegial pode saber de maneira autônoma, com suas videoaulas. 

Na execução, há diferencial entre workshop e curso? 

Como já deu pra verificar, a aplicação de uma workshop ou de curso é bastante parecido. E, seja qual for o nome que opte utilizar, o fundamental é julgar no propósito da atuação formativa. 

Por eventualmente, sua ideia é produzir uma exercício mais artesanal? Ou você pretende encantar um grupo para colocar a mão na massa e saber a fazer uma coisa novo? Em todo caso, fique à desejo para explicar suas técnicas na workshop ou no curso. 

Dessa forma, os alunos vão aprendendo pela vivência, além da indicação de quem distrai-se do questão. E, para favorecer, indicamos um vídeo que te aspecto como montar um curso antigo ( ou uma workshop digital, se você escolher ). 

E quanto à diferencial entre workshop e minicurso? 

Por outro lado, no momento em que falamos de workshop x minicurso ( ou curso x minicurso), a coisa renovação de estampa. Logo, precisamos observar os aspectos essenciais que envolvem a iniciativa que será realizada: 

exercício em grupo x original; 

ensinança navegador x latente; 

formato presencial x híbrido x na internet; 

habilitações que precisam ser desenvolvidas; 

e daí em perante. 

Para concentrar, podemos ir além de encontrar a diferencial entre workshop, curso e minicurso. Afinal de contas, o ponto-chave é reverberar sobre o planejamento da próxima atuação formativa, a fim de aglomerar valor ao seu entendimento. 

3 exemplos para encontrar a diferencial entre workshop, curso e minicurso 

A seguir, listamos 3 exemplos de aquilo que se faz formativas que facilitam o conhecimento dos conceitos que citamos. No fim das contas, nada melhor do que a execução para supervisionar a diferencial entre workshop, curso e minicurso, não é mesmo? Por isso, vamos colocar a mão na massa! 

1. Workshop de tingimento 

Nesta videoaula, Elisabete Padovezi brinda uma workshop de tingimento em tela, ensinando a técnica de Encaústica. Ao longo a videoaula, a arte educadora vai compartilhando os macetes das artes plásticas, até mesmo citando os murais do pintor mexicano Diego Rivera. 

2. Curso de Lego na empresa 

Será que Lego é coisa de criança ou pode te auxiliar a criar na Gestão de Indivíduos, até na experiência do empregado? Neste vídeo, você encaixa alguns teses trabalhados no curso, como: trabalho em equipe, resultados colaborativos e princípios comuns. 

3. Minicurso do aplicativo matemático GeoGebra 

Até aqui, já deu pra verificar que as tecnologias agilizam a nossa vida, certamente? Uma vez que bem: a mestra Geraldine Silveira Lima criou um minicurso para linguagem sobre o app GeoGebra. Por demonstração, os recursos são capazes de ser usados por alunos do Treino Necessário e Médio, em escolas públicas e privadas. 

Agora que você sabe a diferencial entre workshop, curso e minicurso, que análogo permitir o próximo passo? Com tudo isto que falamos no post, você já pode ter ideias para fazer seu infoproduto, sabia? Conheça a plataforma EAD NOCHALKS.

Categories: EAD Empresarial Ensino Remoto