Alomorfia digital na pedagogia: o novo explicar e saber

Pretende saber como um colegial pode ser o herói da sua própria picada de aprendizagem? Por isso, precisamos linguagem sobre o potencialidade da alomorfia digital na pedagogia. Afinal de contas, constantemente podemos empenhar-se novas formas de explicar e saber, não é mesmo? 

VEJA TAMBÉM: Plataformas EAD são o futuro!

Hoje, vamos assediar as tendências ligadas à alomorfia digital na pedagogia. Isto visto que a asserção é acurar a experiência do colegial ao longo o noviciado. Para análogo, é bastante fundamental atribuir nas novas tecnologias para precipitar também mais grande. 

Além disso, possuimos diversos recursos para produzir um treino personalizado às necessidades de cada indivíduo. Por linguagem nessa história, confira uma pensamento sobre o life-changing learning no vídeo do Jorge Frei, que é o dirigente da setor de Pedagogia na Accenture. 

O que significa a alomorfia digital na pedagogia? 

A alomorfia digital na pedagogia significa uma oscilação de protótipo, em sui generis para os educadores. Ou seja, trata-se de uma alomorfia cultural em que o trabalho ocorre de maneira integrada e diligente. 

Dessa forma, podemos oferecer uma experiência melhor para o colegial, que é o centro do da aprendizagem. Ou seja, aproveitamos a afinidade nos celulares e nas redes sociais para passar entendimento. 

Nesse atenção, vale observar: como realizar avaliações nos dinheiro digitais? Em concomitante, será que é possível fruir e fundar-se enquanto se aprende? E, também, como garantir que o colegial de fato entendeu um certo questão? 

Porém o que é alomorfia digital no conteúdo educativo? 

Em maior parte, as instituições de treino são capazes de atribuir nas Edtechs para solucionar certos complicações. No fim das contas, as empresas que unem pedagogia e tecnologia facilitam a nossa vida. Por exemplo, são capazes de resultar experiências digitais para aumentar o processamento de ensino-aprendizagem. 

Seja com plataformas responsivas ou aplicativos, vale resultar as ferramentas digitais para o conteúdo cultural. Por demonstração, o Princípios Montessori já falava da autarquia e da descoberta. Além disso, similarmente podemos aprazar a construção do entendimento de maneira colaborativa. 

Em outras palavras, as ferramentas digitais melhoram a qualidade do treino, levando em conta o tempo de cada colegial. Para isto, é fundamental “ agitar ” a academia “ de dentro pra fora ”, a fim de desenvolver o venturo da pedagogia. 

Ganhos em potencialidade com a alomorfia digital nas escolas 

Um instrutor não somente “joga” o conteúdo em uma ponta, esperando que o colegial absorva tudo. 

Logo, a eficiência no noviciado similarmente propicia o progresso de hard skills e soft skills. 

Por sua vez, o protagonismo do colegial traz a aberta da empregabilidade diferenciada. 

Já a customização do treino parte da taxa e da avaliação de um grande volume de dados. E a formação corresponde às necessidades de cada colegial. 

As plataformas em rede facilitam a comunicação ao longo todo o treino a distância (EAD). 

De quebra, o design instrucional serve para aumentar a experiência de noviciado como um todo. 

Nessa horizonte, o instrutor passa a ser averiguado como um conselheiro ou mesmo um mediador. 

Dessa maneira, podemos estimular o adágio crítico com base no absoluto treino da naturalidade. 

Por último, porém não pouco fundamental, não podemos esquecer do papel formal da EAD. No caso, isto envolve: colocação formal, variedade e equidade. 

Como iniciar a alomorfia digital na pedagogia? 

A princípio, é necessário julgar na especialidade de desempenho de cada escola de treino. Nesse esfera, uma academia de inglês possui uma demanda distinto de uma faculdade corporativa, certamente? Dessa forma, vale observar os seguintes pontos-chave: 

planejamento engenhoso em validade na academia; 

recursos tecnológicos que estão à uso; 

metodologias de ensino-aprendizagem; 

e daí em perante. 

5 exemplos de alomorfia digital na pedagogia 

Por fim, chegamos ao hora DIY: do it yourself. Por isso, sem mais delongas, vamos às técnicas de alomorfia digital na pedagogia! 

1. Palco de treino a distância 

Um Local Virtual de Aprendizagem (AVA) proporciona um absoluto ventana de recursos, por exemplo: 

biblioteca virtual do curso, com videoaulas e materiais de ajuda; 

fórum de demanda, além de outras ferramentas de comunicação; 

possível gestão da frequência dos alunos e do melhoramento maior parte; 

segurança para albergar o curso na internet, em atendimento à LGPD; 

aplicativos e mais recursos de comunicação síncrona e assíncrona. 

TENHA SUA PRÓPRIA PLATAFORMA DE VÍDEOS ONLINE.

2. Metodologias ativas de aprendizagem 

De fato, as metodologias ativas de aprendizagem vieram para ficar. Como exemplos, podemos aprazar: 

treino híbrido: o blended learning (b-learning) une as aulas presenciais e na internet; 

dependência de classe invertida: na flipped classroom, o colegial possui mais autarquia no treino; 

gamificação: as atividades lúdicas tornam o noviciado dinâmico e feliz. 

3. Transmissões ao diligente 

Por meio das transmissões ao diligente, podemos ganhar o tão sonhado angariação digital. De fato, não é nada possível preservar a atenção dos alunos perante de tantas distrações que vêm de fora do local colegial. Dessa forma, vale julgar fora da caixa. 

Nesse caso, as inovações tecnológicas similarmente são capazes de ser uma mão na redor, inclusive: 

webinars: pode-se produzir os seminários na internet para clarejar dúvidas antes das provas. E isto vem a calhar em quaisquer formatos de cursos: pedagogia básica, preparatórios para concursos e mais; 

webconferências: essa é uma forma efetiva de reconciliar também mais os pais e os educadores. Afinal de contas, a academia não precisa ser a única encarregado pelas aquilo que se faz formativas; 

aulas ao diligente: seja no Youtube ou na própria palco de EAD, as aulas ao diligente fazem sucesso. Com isto, a massa se sente mais “próxima”, mesmo estando em distintos locais. 

Desconto: inspire-se com 3 cases de alomorfia digital na pedagogia 

School of Healing: a numeróloga Daniela Gruttola criou seu próprio princípios de treino. Com isto, ela promove cursos na internet de Numerologia em harmonia com a técnica de Cura Vibracional pela Jazido. 

Ginásio Parthenon: por meio do ClassApp, os educadores mantêm contato com os pais frequentemente. Dessa forma, a comunicação encontra-se bastante mais fluida, até mesmo para versar em tempo atualidade sobre a disposição do coronavírus no local colegial. 

Oak School: já essa academia de inglês na internet opta pelo microlearning para passar conteúdos. Em seu canal no Youtube, eles respondem dúvidas de forma bem-humorada. E o melhor: é possível passar informação de qualidade em poucos minutos. No forma win-win, evidente! 

Agora que você conhece o potencialidade da alomorfia digital na pedagogia, que análogo iniciar hoje mesmo? Por demonstração, confira mais conteúdos do diário online da EAD Nochalks para te auxiliar nessa missão! 

Deixe sua opinião.

Categories: Ensino Remoto Futuro da Educação