6 DICAS PARA FAZER TÍTULOS MAGNÉTICOS PARA CURSOS NA INTERNET.

A primeira impressão é a que encontra-se. Este é um adágio popular que se encaixa como uma luva ao mote em demanda. 

Gostou? Confira mais artigos completos AQUI.

Empresas que trabalham na lembrança de conteúdo na internet, sejam cursos, webinars ou vídeos, sabem a urgência que é ter um título acolhedor que se destaque na massa de informações que seus leitores recebem a todo hora. Um título é um instrumento de marketing, de advertência do público leitor. 

O significado de um título é o que vai encantar seu público, dessa forma é fundamental que parte do tempo de obra de um conteúdo na internet seja desatado a escolha do título, uma vez que ele é tão ou mais fundamental que o conteúdo em si. 

Para lhe auxiliar na elaboração de um título memorável e sedutor, seguem 6 dicas infalíveis que irão garantir a atração da atenção de seus leitores. 

# Orientação 1: Indivíduos “adoram” números e linguagem 

Utilizar números representativos de listas ou percentuais e pontuação é garantia de sucesso. Números escritos com numerais, e não por espaçosos, chamam atenção e aguçam a curiosidade do leitor em desejar saber todos os tópicos do algarismo transcrito. 

Assim como a utilização de pontos de voz, demanda, reticências, entre outros, diferenciam a maneira gráfica do artigo e se destacam capturando o olhar do leitor. 

# Orientação 2: Use palavras-chave 

Em seu título, procure usar palavras claras que reduzam o seu leitor o que ele pode atender daquele conteúdo ou qual o questão a ser atacado. 

# Orientação 3: Não conte tudo 

Outra orientação é não expressar tudo no título, ou seja, fazer títulos que despertem a abelhudice do leitor, que sugiram uma coisa sigilosa, como fundar-se perguntas para que seu conteúdo traga respostas. 

VOCÊ SABIA QUE PODE TER SUA PRÓPRIA PLATAFORMA DE HOSPEDAGEM DE VÍDEOS LIVRE DE DIREITOS AUTORAIS? CONFIRA AQUI.

# Orientação 4: Fale com o leitor 

Uma técnica bastante usada no marketing digital é direcionar-se ao leitor chamando-o pelo nome ou usando palavras diretas como “você”. O leitor encanta-se pela percepção de ter uma coisa escrito e fabricada para ele. 

# Orientação 5: Faça promessas que possam ser cumpridas 

Todo mundo gosta de promessas e a eventualidade de vê-las sendo cumpridas leva seu leitor a desejar saber e acompanhar a prática da mesma. 

Curso grátis: Como criar streaming de vídeo ao vivo

# Orientação 6: Utilize um artigo polêmico 

Palavras polêmicas, desafios, palavras secas e aparentemente grosseiras geram um mágoa de incômodo e criam abelhudice e espera no leitor em desejar supervisionar o que lhe faz ter maluco casa ao ponto de chamá-lo ao duelo. 

Um adágio navegador deste tipo de técnica é o post “12 vestígios de que você está criando seu filho para ser negro ”, que viralizou sendo repostado em mais de 10 sites e gerou farto comentários. Nesse adágio, vemos que parte da citação afirma que você está criando o seu filho para ser um negro e também lhe dará doze vestígios disso, o leitor independente de ser ou não mentor, incomoda-se com essa citação, uma vez que a incriminação é bastante forte, dura e direta, o que desperta sua abelhudice de ler aquele conteúdo, também que seja para provar a si mesmo que aquela coisa não o põe. É esse tipo de percepção que desejamos fazer para encantar leitores. 

Conhecendo na execução: 

Um adágio de utilização de todas estas dicas é o título deste post: “6 dicas infalíveis para você fazer títulos magnéticos!“. 

“6”: Algarismo. Indica ao leitor que no artigo irei entregar 6 pontos, logo ele não vai bloquear de ler no momento em que alcançar ao alcoviteiro, uma vez que ele já sabe que se não cumprir a texto haverá 3 mais que ele não tomará entendimento; 

“dicas infalíveis”: a palavra-chave do meu conteúdo; 

“ para você fazer ”: aqui direciono o meu artigo ao leitor falando em primeira pessoa e utilização um voz de atuação, a ser executada por ele. Eu crio a espera de que as dicas são para ele e que ele será capaz de corporificar o que está sendo alvitrado, uma prometimento que pode ser cumprida; 

“títulos magnéticos”: uma segunda palavra-chave, no qual eu informo o que o meu leitor poderá corporificar ao final; 

“!”: Utilização de pontuação. O meu título é um título grande, usar um ponto final produz uma percepção visual distinta que se sobressai a percepção hostil de ler um título grande.

Todas as funcionalidades e ferramentas que o seu projeto precisa, você encontra em uma plataforma EAD completa e segura como a Nochalks!

Categories: Plataforma EAD Vender cursos
Leave a comment