4 Passos para Modificar seu Curso Presencial em  EAD.

O treino a distância é uma das áreas que mais aumenta no Brasil. De acordo com uma pesquisa realizada pela Sagah, a espera é de que os alunos de cursos na internet representem 51% dos estudantes no país até 2023, ou seja, eles serão a maior parte em correlação aos alunos de cursos presenciais.

Gostou? Confira mais artigos completos AQUI.

 

Embora os preços do EAD sejam mais acessíveis, este não é o essencial indução para o colegial adotar essa espécie de treino. O estudo diz, também, que 61% dos alunos imaginam mais sobressalente o feito de quantidade estudar no momento em que e no qual quiser. 

Para que pessoas já tenham cursos presenciais e almejam resolver no mercado digital, transformando seu conteúdo em um curso na internet, o EAD pode ser uma excelente época para a expansão do negócio. No entanto, para isto, é preciso pesquisa, planejamento e abnegação. 

Nesse post, você irá examinar o passo a passo a ser executado para modificar seu curso presencial em um curso na internet, potencializando o seu negócio. 

O que você aprenderá neste post: 

  • Passo 01: Defina e conheça seu público-alvo 
  • Passo 02: Crie um Plano de Curso 
  • Passo 03: Selecione e divida o conteúdo 
  • Passo 04: Trabalhe com vídeos 

VOCÊ SABIA QUE PODE TER SUA PRÓPRIA PLATAFORMA DE HOSPEDAGEM DE VÍDEOS LIVRE DE DIREITOS AUTORAIS? CONFIRA AQUI.

# Passo 01: Defina e conheça seu público-alvo 

O primeiro passo para a construção do seu curso na internet é definir o público que você quer reparar. Isto vai auxiliar a conter todo o resto da disposição do conteúdo. Fazer um conteúdo bastante maior , para tipos de públicos distintos, não é uma ótima escolha. Afinal de contas, é complicado deleitar a todos. Busque selecionar uma seção típica. Por exemplo, se você é instrutor de inglês e já leciona aulas presenciais, visto que não há linguagem sobre Inglês para o público empresarial? Você dá aula de plástica? Visto que não focalizo em uma técnica de emagrecimento? 

Para favorecer esse ponto, a orientação é que você crie uma persona, que é o perfil de um indivíduo que compraria ou consumiria o seu conteúdo na internet. Por isso, dê à sua persona um nome e vá construindo sua identidade, respondendo à perguntas estratégicas como: 

  • Qual a idade da minha persona? 
  • Qual o seu nível de pesquisa? 
  • O que ela procura saber? 
  • Qual seu entendimento sobre a questão que seu curso aborda? 
  • Qual seu comportamento na internet e nas redes sociais? 
  • Como seu conteúdo pode auxiliar esse indivíduo? E visto que ela deveria assisti-lo? 

Busque saber similarmente o seu mercado e o que os seus concorrentes estão produzindo. Isso pode te permitir insights poderosos sobre o que realizar ou não realizar. Dessa maneira, será possível saber com seus pontos fortes, evitar os seus equívocos e levar bons exemplos para adaptar em seu projeto. 

Curso grátis: Como criar streaming de vídeo ao vivo

# Passo 02: Crie um Plano de Curso 

Com o público-alvo marcado, a próxima etapa é planejar as informações do seu curso. Então, selva seu plano pensando em corresponder às seguintes perguntas: 

  • De quais conteúdos o curso irá se alimentar? 
  • Até que ponto ele vai se agravar nesses conteúdos? 
  • Será um curso mais básico ou otimizado? 
  • Como vou realizar a divisão do conteúdo? 

Existirão módulos ou será uma coisa desamarrada? 

O colegiado vai estudar a ordem ( picada de aprendizagem ) ou pode ser incerto? 

Se coontrapondo ao ensino presencial, o EAD o receio com os técnicas e técnicas de treino precisa ser também maior, já que nesta espécie, geralmente, não há orientação presencial de um instrutor. 

Logo, escolha para o seu curso uma metodologia que permita ao colegial ter um orientação de um profissional que o auxilie nesse processamento, garantindo uma melhor experiência de noviciado possível. Utilize similarmente recursos didáticos em distintos formatos, como videoaulas, infográficos, podcasts, artigos, textos, treinos de fixação, abrangendo dessa maneira os prováveis perfis de aprendizagem de cada colegial. 

# Passo 03: Selecione e divida o conteúdo 

Com um bom planejamento em mãos, você pode iniciar a julgar de maneira mais eficiente o conteúdo que será atacado em seu curso na internet. Dessa forma, selecione o conteúdo de cada classe, os distintos conteúdos que são capazes de ser tratados ao longo do curso e vá organizando por nível de dificuldade ou subtema. Defina simultaneamente a porção de aulas, o tempo de cada uma delas e a duração completa do curso. 

Tenha em mente que o tempo ideal de um material é aquele que é bastante para que você passe o conteúdo sem enrolações e com objetividade. Por isso, garanta que você terá tempo para linguagem sobre que necessita, porém não exija tempo demais de seus alunos. Afinal de contas, a velocidade é um dos negócios que eles mais prezam em um curso na internet. 

Divida seu conteúdo entre as aulas de uma forma que faça atenção e que não frustre os alunos pelo exagero ou falta de informação. Procure um ritmo sossegado, que conecte os conteúdos da maneira mais rápida e natural possível e que faça os alunos perceberem que estão progredindo. Não deixe um material pelo meio ou comece de um generalidades aleatoriamente. O colegial necessita sentir que está saindo de um ponto base e encerrando o curso com mais entendimento. 

Uma orientação: Crie blocos de aulas que sejam relativos entre si. Isto auxilia na visualização do curso como todo, além de permitir mais eventualidade de monetização. 

# Passo 04: Trabalhe com vídeos 

Depois de julgar no público e selecionar os conteúdos que serão abordados, é momento de planear a gravação das aulas. Atribuir vídeos é uma das mais perfeitas opção para empacar o colegial. Este tipo de recurso, além de aumentar a experiência de aprendizagem, proporciona um motor bastante maior que somente áudio ou escrituração mercantil. 

Porém antes de partir para as gravações, é fundamental que você escreva um regulamento com as principais informações que serão abordadas nas videoaulas, tentando dessa maneira fazer um padrão para cada fenda e fechamento das aulas, de maneira que gere uma afinidade com o colegial e mantenho-o surtido para ir até o final do curso. 

Tenha em mente gravar vídeos que não sejam bastante longos, porém que abordem com recibo o que foi alvitrado para o generalidades em demanda. A duração ideal para uma videoaula EAD é de 05 à 15 minutos, que caracteriza o formato de micro-aulas, princípios bastante bem dado à existência EAD, que torna a experiência do colegial mais rápida e eficaz. 

Acompanhando o mercado 

Modificar curso presencial em curso na internet pode não parecer uma missão possível, porém pode ser bastante fundamental para o desenvolvimento do seu negócio. O treino a distância representa o futuro da pedagogia, uma vez que une novidade, flexibilidade, economia e elimina as barreiras geográficas. Então, para preservar a sua empresa de treinamentos suportáveis, é indispensável que você este mercado que está em constante expansão!

Todas as funcionalidades e ferramentas que o seu projeto precisa, você encontra em uma plataforma EAD completa e segura como a Nochalks!

Categories: Ensino Remoto Plataforma EAD Vender cursos
Leave a comment